Mutirão na Guarda marca Dia Mundial de Limpeza das Praias e dos Rios

Um mutirão de limpeza na beira do Rio da Madre, na orla e na trilha da Guarda do Embaú e na Prainha, em Palhoça/SC, marcou, ontem, 20, o Dia Mundial de Limpeza dos Rios, Mares e Lagos, evento que acontece simultâneamente ao redor do planeta.

Voluntária utiliza stand up para limpeza do Rio da Madre

Voluntária utiliza stand up para limpeza do Rio da Madre

 

Em apenas duas horas de mutirão cerca de quinze voluntários e algumas crianças arrecadaram vários sacos de 100 litros com toda espécie de lixo. Desde cadeiras de praia, restos de barraca, placas, metais, e garrafas pet.

Mas, segundo os organizadores membros da Associação de Surfe e Preservação da Guarda do Embaú (ASPG) e do SOS Rio da Madre, o lixo predominante na beira do Rio da Madre, onde está a área urbana, são as xepas de cigarro, as tampas de garrafa e o anel de alumínio das latas.

Ainda neste quesito, segundo os voluntários, a quantidade de cacos de vidro coletados na beira do Rio da Madre foi assustadora.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 3 =

5 + 3 =