Caso Ricardinho: tese de legítima defesa não ficou claro disse advogado da família

Um verdadeiro aparato de “guerra” foi montado para a reconstituição da morte do surfista Ricardo dos Santos, que  começou pouco antes das 14h, desta terça-feira (27), no mesmo local onde aconteceu o crime, na Guarda do Embaú, em Palhoça/SC, e acabou por volta das 17 horas.

cerca de 150 PMs participartam na  operação de reconstituição do crime

cerca de 150 PMs participartam na operação de reconstituição do crime

Antes mesmo das 12 horas, na presença da imprensa, duas pessoas a paisana, que depois, um deles se identificou como soldado da PM, chamaram a atenção, pois seguravam uma faixa onde dizia: “daqueles que clamam por justiça, esperamos somente a verdade! Força e honra”.

A partir daí, pelos menos duzentas pessoas com camisetas com a imagem do surfista, com cartazes e faixas se aglomeraram na entrada do caminho da trilha, onde ocorreu o assassinato, clamando por justiça, rezando e batendo palmas e esperando que a acareação acontecesse.

Por volta das 14 horas começaram a chegar viaturas do Instituto Geral de Perícias (IGP), Pelotão de Patrulhamento Tático, do Choque e da Polícia Militar, com pelo menos 150 homens. Além deles, representantes do Ministério Público também participaram. O soldado Luis Paulo Mota Brentano, acusado de matar o atleta com dois tiros, não pode ser visto em nenhum momento pelo público.

Em entrevista à imprensa, o coronel Newton, da PM, disse que o comando está muito preocupado e está fazendo de tudo para a apuração dos fatos, e já abriu sindicância e inquérito administrativo contra o PM. “O comando da PM de Santa Catarina quer esclarecer os fatos”, disse.

Quatro simulações do crime foram feitas. Uma de acordo com o soldado Mota, outra do irmão de 17 anos, outra do avô de Ricardinho, Nicolau dos Santos e a última foi de acordo com o tio do surfista. O carro do soldado também foi trazido para o local do crime.

Em entrevista um dos advogados da família do surfista disse que a tese de legítima defesa não teria ficado clara o suficiente.

O delegado Marcelo Arruda terá até quinta-feira (29) para concluir o inquérito baseado em depoimento, laudos periciais e exame cadavérico. Após cinco dias o acusado poderá recorrer a denúncia.

Ainda nesta terça-feira, às 20h, ocorre também a missa de 7º dia da morte de Ricardo, na Capela da Guarda do Embaú, com transmissão num telão no Salão Paroquial. Entre as homenagens será apresentado um vídeo produzido por Bruno Zanin sobre a vida do atleta.

 

Fotos: Marcos Kito Gungel

Fonte: ND Online

Corpo de Ricardo dos Santos chega hoje à noite na Guarda do Embaú para velório

A comunidade da Guarda do Embaú, Palhoça/SC e o mundo do surfe está em choque com a notícia do crime contra Ricardo dos Santos, 24, que o levou à morte no início da tarde desta terça-feira, 20.

O surfista foi alvejado por três tiros após pedir que dois homens, um deles soldado da Polícia Militar, não usassem drogas na frente da sua casa. Ricardo estava internado no Hospital Regional de São José, teve diversas hemorragias, e o seu estado piorou na manhã desta terça-feira, quando teve mais uma hemorragia e não resistiu a última cirurgia.

O velório de corpo presente será a partir das 22 horas, no Salão Paroquial da comunidade da Guarda. A missa será amanhã, às 10 horas, e o sepultamento se dará no cemitério de Paulo Lopes, cidade vizinha da Guarda, no início da tarde.

 

Ricardinho foi baleado: A notícia caiu como um raio em nossas cabeças

Passado o golpe, é possível escrever algumas linhas sem a emoção e o choque da notícia que recebemos logo cedo, nesta segunda-feira, 19 de janeiro, por volta das 9 horas, quando a ligação de um amigo apaixonado pela Guarda do Embaú dizia: “Nos informaram que o Ricardinho foi baleado ai na praia. Isto é verdade?”

O surfista nativo da Guarda, Ricardo dos Santos, segue na UTI após ser baleado

O surfista nativo da Guarda, Ricardo dos Santos, segue na UTI após ser baleado

A notícia caiu como um raio na nossa cabeça. Passamos, então, a checar a informação que trouxe a notícia real: três tiros haviam atingido o nosso guerreiro surfista e embaixador da Guarda, mas ele estava com vida.

Logo em seguida várias ligações se sucederam até que caiu a ficha e os fatos começaram a aparecer: Depois de uma discussão fútil que poderia ser evitada pelos envolvidos, um dos tripulantes do carro sacou a arma e atingiu o atleta três vezes. Segundo relatos na mídia e logo em seguida, comunicado oficial da Polícia Militar, o suposto atirador seria um jovem PM de férias na Guarda.

Mas o que importa neste momento, passados mais de dez horas do ocorrido, é que, após vários procedimentos cirúrgicos, o surfista profissional Ricardo dos Santos, 24 anos, foi estabilizado e encaminhado à UTI do Hospital Regional de São José, na Grande Florianópolis, no final da tarde. Portanto, as próximas 48 horas serão de crucial importância para seu restabelecimento.

A justiça com certeza trará os motivos reais da fatalidade, mas o fato é que Ricardinho já estava prevendo alguma coisa deste tipo, mas nunca poderia imaginar que ele seria o alvo, quando escreveu em 2011, um “desabafo” publicado no site Waves, onde entre tantos desagrados na praia onde nascera, dizia: “…Este ano estou optando por não ir à minha casa no verão. Estou com medo de chegar em casa e morrer de desgosto, estou com medo de ver o lugar onde cresci, jogado às traças…”

O desgosto veio com fome de vingança e quase tira a vida de um super atleta, um representante brasileiro nas ondas grandes. Vários foram os desafios de Ricardinho no mar. Seja nas temidas ondas em Teahuppo, em Pipeline, no Chile, ou na Indonésia. Enfim, onde estiverem os melhores tubos. Mas este com certeza será seu maior desafio: a sobrevivência de um golpe sem defesa, covarde e brutal.

Seu carisma e seu sorriso fizeram com que uma legião de amigos e fãs postasse mensagens nas redes sociais se solidarizando. Os surfistas Renan Rocha, Alejo Muniz, Miguel Pupo, Felipe Toledo e o campeão mundial Gabriel Medina não se conformaram. Adriano de Souza esteve no hospital durante o período em que ele estava na sala de cirurgia. O próprio presidente da Federação Catarinense de Surf, Frederico Leite, estava inconformado e foi até o hospital.

Os meios de comunicação, tanto estadual quanto nacional, fizeram seu papel e além de divulgar o fato, pediram para que doação de sangue fosse realizada, pois sua cirurgia exigiu, provavelmente, um recorde de mais de 45 bolsas de sangue. O site oficial da World Surfing League (WSL) também divulgou o ocorrido assim como sites “gringos”.

Ressaltar a importância do pronto atendimento de emergência através da equipe do helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina e da equipe médica do Hospital Regional de São José, que praticamente mobilizou toda sua equipe para atender a ocorrência, numa operação que começou às 9h30 e terminou por volta das 17h30.

Fatalidade ou ocasião, o fato é que a sociedade precisa de respostas para a violência. A praia da Guarda do Embaú está no seu auge do verão e uma desgraça como esta serve para alertar a população e as autoridades.

Mas não é por falta de aviso. Vários fatos desta natureza já aconteceram na Guarda do Embaú, paraíso dos surfistas, da galera “sarada” e dos amantes da natureza. Outros incidentes iguais a este já tiveram vítimas fatais, mas nenhum, com tanta estupidez, com tanta futilidade, com tanta falta de bom senso, ainda mais se falando de um PM, que deveria nos servir, mas utilizou da sua arma para atacar um civil desarmado.

Resta-nos orar e pedir a Deus que tire nosso guerreiro deste infortúnio e o devolva às ondas, ao Rio da Madre, que tanto ama, enfim, à praia da Guarda do Embaú, que não tem nada a ver com as loucuras dos homens, suas angústias, sua violência e suas armas.

Força Ricardo dos Santos, um guerreiro jamais foge à luta.

Ricardinho vai representar o Brasil na disputa pelo melhor tubo em Portugal

O surfista da Guarda do Embaú, Ricardo dos Santos, foi um dos escolhidos na votação para eleger os surfistas que vão participar no Allianz Capítulo Perfeito powered by Billabong, evento que vai juntar alguns dos melhores tube riders nacionais e internacionais num dia de ondas perfeitas na praia de Carcavelos, em Cascais. Ricardinho vai se juntar a Aritz Aranburu e Pedro Vianna “Scooby” na categoria de Surfistas Estrangeiros, inédita na história do evento.

Enquanto aguarda a chamada para a competição Ricardinho cuida da sua "máquina" - foto Kito

Enquanto aguarda a chamada para a competição Ricardinho cuida da sua “máquina” – foto Kito

A votação teve um total de 90.000 votos em 103 países e 1253 cidades e aconteceu no website oficial do evento entre os dias 7 e 13 de janeiro. A janela de espera do evento começa hoje, dia 15 de janeiro, e segue até o dia 15 de março. A premiação do Capítulo Perfeito é de 7,5 mil euros.

Na categoria de Competidores os atletas escolhidos foram Frederico MoraisVasco RibeiroTiago PiresJosé FerreiraMiguel Blanco Marlon Lipke

Entre os  Free Surfers, atletas patrocinados e apoiados por marcas para percorrerem o país e o mundo em busca das melhores ondas, os três surfistas selecionados foram Francisco Alves, João Guedes e Ruben Gonzalez.

Já na categoria de Soul Surfers, surfistas alheios à indústria do surf mas que incessantemente buscam ondas perfeitas, o nome mais votado foi Alexandre Ferreira.

Quem também garantiu acesso à competição foi Nathan Hedge, ex-membro do World Tour da ASP (agora World Surfing League) e atual nº 32 do WQS, a quem a organização optou por atribuir o wildcard de salvação, reservado a um dos atletas não-apurados pelo público. Pelo seu historial no surf mundial, pela sua reputação em ondas tubulares e pelo seu carisma, o australiano acabou por merecer a preferência unânime  da organização e da Comissão de Notáveis, fechando a lista de wildcardscomposta por Nicolau von Rupp (vencedor da edição anterior) e Rodrigo Herédia (surfista local).

 

Ricardinho da Guarda concorre a vaga de tube rider para competição em Portugal

Ricardo dos Santos, o Ricardinho da Guarda, como é conhecido no mundo do surfe, foi mais uma vez reconhecido pela sua performance nos tubos e está entre os dez atletas não portugueses  que serão eleitos por meio de uma votação online para entrar na competição Allianz Capítulo Perfeito powered by Billabong. Ele concorre na categoria surfista estrangeiro. Apenas os  três surfistas mais votados participarão da competição.

Ricardinho concorre a vaga que reunirá os três mais votados tube riders internacionais

Ricardinho concorre a vaga que reunirá os três mais votados tube riders internacionais

O evento reunirá os tube riders na praia de Carcavelos, em Cascais, Portugal, para uma competição especial de tubos. Além de Ricardinho, os brazucas Bruno Santos e Pedro Scooby também estão na lista de candidatos que podem ganhar uma vaga.

Segundo informações no site da competição (http://capituloperfeito.com/) o período de votação é entre os dias 7 e 13 de janeiro e a competição tem 60 dias de espera, de 15 de janeiro a 15 de março de 2015. O prêmio ainda conta com as categorias Competidores, Freesurfers e Soul Surfers, reservadas a atletas portugueses.

Para votar é preciso cadastrar-se no site.